sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Prefeitura realiza 1500 castrações de cães e gatos neste ano

Até o mês de novembro, a Prefeitura atingiu a meta de 1500 castrações realizadas no município de Atibaia por meio de dois programas que estão sendo realizados simultaneamente: o do Orçamento Participativo e o do Convênio com a Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo.


Os resultados demonstram o sucesso dos dois programas, que contaram com grande participação da população. Desde junho, a equipe de castração percorreu os bairros do Boa Vista, Cachoeira, Maracanã, Imperial, Alvinópolis, Tanque, Esmeralda, Caetetuba e Rio Acima e, nesses locais, constatou-se a preocupação e conscientização das pessoas com relação à Posse Responsável dos Animais. Os donos dos animais realizaram as inscrições, levaram os cães e gatos aos locais definidos para realizar as castrações e aguardaram, pacientemente, o retorno dos animais da anestesia para levá-los para casa.
Outro ponto positivo foi a organização dos mutirões. As pessoas foram convocadas em horários distintos para que não houvesse acúmulo de animais, pois a cada dia foram castrados centenas de cães e gatos. Com esse sistema, não houve nenhum tipo de briga entre os animais ou tumulto entre as pessoas.
Neste mês de novembro, iniciaram-se as castrações nos bairros do Portão, Rosário e Ribeirão dos Porcos. Em dezembro, o Programa de Castração 2010 irá contemplar as regiões da Usina, Pedreira, Laranjal e Rio Abaixo, finalizando com a realização das inscrições nos bairros Itapetinga e Centro, sendo que as castrações serão realizadas no primeiro trimestre de 2011.
O Programa de Castração realizado com recursos do OP é de responsabilidade da Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde; e o Programa do Convênio com a Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo é executado por uma empresa veterinária contratada, com o auxílio da Prefeitura. Mais informações na Secretaria de Saúde pelo telefone 4414-3361.
Castração de Animais
A castração em cães e gatos traz diversos benefícios aos animais. Estudos demonstram que a castração realizada na fêmea antes do primeiro cio protege contra o câncer de mama, câncer e infecção de útero e ovário. Causa também mudanças de comportamento, pois as fêmeas tornam-se mais calmas após a castração. 
Nos machos, a castração antes de atingir a puberdade evita que os animais desenvolvam atitudes incômodas, tais como necessidade de "fugir" de casa para cruzar com fêmeas no cio, demarcação de território, urinando em locais impróprios, brigas com outros machos, além de evitar o desenvolvimento de doenças tumorais nos testículos e a transmissão de doenças venéreas.
A falta de informação e o preconceito prejudicam o aumento do índice de castração no município. Muitos donos de animais ainda acreditam que a castração nos machos irá ocasionar feminilização do animal, obesidade e doenças tumorais e infecciosas. Vale ressaltar que essas informações são falsas e não condizem com a realidade.

3 comentários:

  1. Ahhhhhhh, até que em fim uma providência com relação a este assunto. Agora eu gostei de ver

    ResponderExcluir
  2. Aqui no Rio temos alguns serviços desses, mas a maioria é de universidades ou entidades filantrópicas. Serviços oferecidos pelo governo são bastante ineficientes nesse sentido.

    ResponderExcluir

Se você irá apenas deixar o link do seu blog nem perca seu tempo,pois ele será deletado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...