quinta-feira, 26 de abril de 2012

Prisão por maus tratos já é realidade na Argentina

Justo Tobares é o idoso sentado no canto
Um homem de 77 anos foi condenado a 11 meses de prisão por maltratar e estuprar uma cadela na província argentina de La Pampa (centro), informou uma fonte judicial nesta quarta-feira (25).
O homem identificado como Justo Tobares foi condenado pelo juiz Daniel Sáez Zamora da cidade de Santa Rosa, capital da província, por um crime previsto pela lei de Crueldade Contra Animais.
Foi denunciado pela presidente da Fundação Vidanimal, Norma Alvarez, em setembro de 2009.
"Estou feliz com a decisão. Estamos recebendo felicitações de todo o país e de outros países", disse a promotora Ivalú Turnes.
De acordo com a acusação, o homem levou para casa uma cadela vira-lata, chamada Lola, que frequentemente era alimentada por operários da construção vizinha à sua residência.
A cadela teve o pêlo da região genital cortado e foi estuprada, segundo a denúncia da ONG.
Tobares ficará em liberdade até que a sentença seja assinada, mas uma vez ratificada, deverá cumpri-la, porque o acusado tinha uma condenação anterior por tentativa de roubo de outro cão em 2009.


Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você irá apenas deixar o link do seu blog nem perca seu tempo,pois ele será deletado!

"Um dia será feio dizer que se mata animais para comer", diz professor norte-americano em Caxias do Sul

O tratamento de animais como objetos de consumo, e as implicações e consequências desta prática para o meio ambiente, serão o assunto d...