Ibama quer saber se o conselho de bioética da UFSM autorizou procedimentos com animais e em que condições


O escritório regional de Santa Maria do Instituto de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deve notificar, até segunda-feira, a Universidade Federal de Santa Maria no caso da utilização de cães como cobaia na pesquisa de um doutorando da Pós-Graduação de Medicina Veterinária.
De acordo com o chefe substituto do Ibama local, Alexandre Barnewitz, a notificação questionará a comissão de bioética da universidade se autorizou ou não a pesquisa e, em caso positivo, se foi autorizada nos moldes em que ocorreu.
— Partimos do pressuposto de que todos são inocentes até que se prove o contrário, então vamos notificar e analisar a situação. Se considerarmos que a atividade foi ilícita, tomaremos as providências cabíveis — explica Barnewitz.


Fonte: ZH

Comentários

Postagens mais visitadas