segunda-feira, 16 de julho de 2012

SEDA promove conscientização de crianças em escolas de Ensino Fundamental



Educação não se aprende somente em casa. A escola também tem papel fundamental na formação de jovens e adultos conscientes. Pensando nisso, a Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) está promovendo uma série de atividades nas escolas da rede municipal vislumbrando a conscientização de crianças e jovens da Capital.
As atividades iniciaram na última semana para cerca de 170 alunos das EMEFs Heitor Vila Lobos e Professora Judith. Ensino Básico – Alunos de 1ª à 4ª série da Heitor Vila Lobos foram os primeiros a assistir a palestra da SEDA. Na sexta-feira (13), foi a vez dos alunos do 2º ano da Escola Professora Judith. 
Com foco na guarda responsável, foram apontados os cuidados básicos com os animais, como alimentação, higiene e saúde, e, também, na hora do passeio. Para andar na rua com o bicho de estimação é necessário o uso de coleira e/ou guia, evitando assim que ele fuja, seja atropelado ou até brigue com outros cães.
Outra dica importante foi sobre segurança. Quando não se conhece o animal, mas dá vontade de passar a mão ou fazer algum carinho, é preciso autorização do tutor, já que não se sabe se o pet é bravo ou não, para evitar possíveis agressões. 

"Vou chegar em casa hoje e contar aos meus pais, e, principalmente para o meu irmão, como devemos tratar nossos animaizinhos", disse a estudante Vitória Borges, de 11 anos.

   

Maus tratos - “Pessoal, vocês acham correto quando nossos pais nos dão palmadas?”, questionou a palestrante da SEDA. “Também não é correto bater nos animais. Eles precisam ser educados para que não façam coisas erradas, assim como as crianças são educadas".
Outros “segredos” foram contados às crianças: “Todos sabem que nossos animaizinhos não gostam de algumas coisas, e temos que respeitá-los, já que os amamos, não é verdade? A gente não pode puxar o rabo dele, isso o incomoda. Barulho em excesso também pode afetá-lo, então, evitem gritar quando ele estiver por perto. Bombinhas, rojões e explosivos, além de serem muito perigosos para você e para o animal, vão assustá-lo e ambos podem se machucar”.
Para encerrar a atividade, a SEDA reforçou que todos os animais devem ser respeitados e precisam de amor e carinho dos seus tutores. E esse é um dos nosso objetivos: levar a orientação às comunidades para que os Direitos Animais sejam respeitados.
No final da palestra, as turmas receberam um jogo interativo e gibis que aplicam lições sobre guarda responsável e manifestaram entusiasmo com a atividade. “Vou chegar em casa hoje e contar aos meus pais, e, principalmente para o meu irmão, como devemos tratar nossos animaizinhos”, afirmou a estudante da Escola Heitor Vila Lobos, Vitória Borges, de 11 anos.
Para a professora Maria Aparecida, responsável pela turma do primeiro ano, é fundamental esse envolvimento desta Secretaria com as crianças. “Aqui na Vila Mapa tem muitos cachorros e as crianças acabam trazendo os animais para a escola. Por isso esta atividade é de extrema importância para a formação desses jovens, que um dia serão adultos muito distantes dos maus tratos. Eles serão conscientes e prezarão pela saúde e bem-estar do seu animal de estimação”, afirmou.
Na Escola Professora Judith, os professores pretendem dar continuidade à parceria com a SEDA. “Espero que esta Secretaria continue dando frutos para colhermos, futuramente, cidadãos conscientes”, conta a professora Andrea Lobato. Segundo ela, no Morro da Cruz há muito abandono e maus tratos e esta ação planta uma semente de esperança em todos que prezam pelo bem-estar animal.


Fonte: Página da SEDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você irá apenas deixar o link do seu blog nem perca seu tempo,pois ele será deletado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...