quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Enfermeira que espancou e matou cadelinha yorkshire em 2011 finalmente é condenada


Quase 3 anos após o crime, a enfermeira Camila Correia foi condenada por espancar e matar uma cachorrinha yorkshire na frente de sua filha pequena. O crime aconteceu na cidade de Formosa-GO (285 km de Goiânia) em novembro de 2011 e foi filmado por vizinhos. O assunto ganhou os noticiários de todo o Brasil e tomou as redes sociais, causando grande comoção e revolta.
Sofrendo ameaças, Camila mudou-se de cidade e tentou alegar à justiça que sofreu danos morais por ter sua imagem amplamente divulgada. O juiz Fernando Oliveira Samuel, da 2ª Vara Criminal de Formosa, não aceitou a alegação como motivo para inocentar ou diminuir a pena de Camila.
Nesta quarta-feira (17), Camila Correia foi condenada a 1 ano e 15 dias em regime aberto. A pena foi convertida em 370 horas de prestação de serviços à comunidade e multa de R$ 2.800,00. Foi pouco, claro, mas a condenação da enfermeira sinaliza a quem pretende praticar atos bárbaros assim que existe Lei para proteger os animais, embora seja ainda muito tímida.
Segundo o Art. 32 da Lei 9605/1998, o que Camila Correia fez é crime.
Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:
Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.
“A ré se valeu notoriamente da fragilidade do animal de pequeno porte para praticar o delito da forma como ocorreu.” – relata o documento onde Camila é declarada culpada. O texto afirma ainda que o motivo do ato foi fútil, uma vez que Camila disse que bateu na cachorrinha para educá-la, já que ela havia defecado pela casa.
A cidade onde Camila reside atualmente não foi informada por motivos de segurança, já que o caso gera revolta até os dias de hoje.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você irá apenas deixar o link do seu blog nem perca seu tempo,pois ele será deletado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...