sábado, 26 de março de 2016

Maus-tratos são flagrados em rodeio em Alagoas

Comissão de Bem-estar Animal da OAB disse que vai tomar providências. Organizador afirma que não comete crime e que show vai continuar.
AL maus-tratos animais flagrados rodeioFoto: Vídeo Imagem
Um espetáculo que tem atraído pessoas de vários cantos do interior de Alagoas foi flagrado cometendo crime ambiental ao maltratar animais em arenas de rodeio. A reportagem da TV Gazeta foi até um desses shows e flagrou animais em exposição ao público sendo desafiados e vítimas de agressões.
Além do torneio em si, são feitas várias brincadeiras com platéia e com os animais em competições que valem prêmios em dinheiro.
Um dos organizadores, Rosivaldo Tenório, disse que o evento funciona dentro da legalidade. Ele afirmou também não haver maus-tratos dentro dos jogos e que as brincadeiras vão continuar sendo feitas nas apresentações. Até o mês de junho, a arena vai passar por 15 cidades no estado.
Em um dos jogos, as pessoas são desafiadas a montar em um burro chamado "diabo loiro", onde até três homens tentam montar de uma só vez no animal.
Em um outro jogo, vários homens entram na arena com o animal e tentam derrubá-lo. O boi é cercado, fica acuado e avança.
Em outra modalidade da apresentação, os homens chegam a jogar areia nos olhos do animal para provocá-lo. O mesmo é feito com bezerros. Competidores usam a força para agarrar o bicho pelo pescoço e dominá-lo até ele cair no chão. O uso de chicotes também é bem comum.
Um dos participantes fala com empolgação sobre a brincadeira de derrubar o bezerro no chão. "A satisfação é só de chegar e dominar o animal".
Assim como ele, a plateia também não vê problema nos jogos. “'Tá não [machucando] porque demora pouco tempo os meninos pegando eles [animais]. Demora pouco tempo”, diz uma senhora da plateia.


A Comissão de Bem-estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB-AL) assistiu às imagens gravadas pela equipe de reportagem e disse que o responsável tem que acabar com as “brincadeiras” urgentemente.

"Eles [responsáveis] vão ser chamados para prestar esclarecimentos e vai ser pedido que cesse imediatamente com a prática. Obviamente que um processo futuro contra ele vai continuar. Ele é chamado à delegacia, é aberto um inquérito. Vai ser feita toda uma averiguação do que foi colhido como prova e futuramente pode sim ter uma ação judicial. Se ele continuar com a prática, é claro que será responsabilizado e ele já está abarcado pela legislação de crimes ambientais", disse a presidente da Comissão, Rosana Jambo.

Assista ao vídeo clicando aqui.
Fonte: Olhar Animal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você irá apenas deixar o link do seu blog nem perca seu tempo,pois ele será deletado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...